BLOG

Lobby: instrumento democrático de representação de interesses?

Wagner Pralon Mancuso Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades

Ana Cristina Oliveira Gozetto Universidade Nove de Julho


DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2011.139088 Palavras-chave: Lobby. Representação de interesses. Democracia. Processo decisório. Regulamentação do lobby.


Resumo Esse artigo analisa o potencial do lobby como instrumento democrático de representação de interesses. Por um lado, o artigo relaciona contribuições positivas que o lobby pode trazer para o processo democrático. Por outro lado, aponta problemas que o lobby pode ocasionar, à luz do valor democrático da igualdade política. O texto também discute a questão da regulamentação do lobby, focalizando os objetivos dessa medida, os fatores que dificultam sua adoção no Brasil e o conjunto de iniciativas que, juntamente com a regulamentação da atividade, podem contribuir para tornar o lobby um efetivo instrumento democrático de representação de interesses.

PDF: http://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/139088/134437

Artigo originalmente publicado em: http://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/139088


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O desafio de mensurar resultados em RIG

Em artigo anterior[1], afirmei que as empresas privadas brasileiras operam em ambientes extremamente competitivos, tanto em nível local quanto em nível global, tendo como pano de fundo um cenário regu

Entre em contato conosco e saiba como podemos potencializar os resultados da sua organização. 

+55 11 98111 2451

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

Copyright © 2020 Gozetto & Associados. Todos os direitos reservados